Rebocador elétrico Jungheinrich EZS 7280: robustez e alta performance

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Ideal para transporte de cargas pesadas, o equipamento tem potência máxima de tração de até 28 toneladas.

A Jungheinrich, empresa alemã que fabrica produtos de movimentação e armazenagem, trouxe ao mercado brasileiro o rebocador elétrico EZS 7280 que comporta até 28 toneladas de tração, levando alto desempenho e baixo custo operacional.

De acordo com a companhia, o equipamento é voltado para o transporte de cargas pesadas em locais como aeroportos ou nas indústrias e pode ser utilizado durante longas distâncias tanto em ambientes internos quanto externos.

O novo modelo traz diversas mudanças tecnológicas que garantem alta performance com redução de custos como: Anti-skid control (ASC), sistema antiderrapante, permite aceleração em qualquer superfície, bateria de lítio, revestimento contra corrosão, cabine ergonômica entre outros benefícios.

“Dotados de um sistema remoto semiautomático, os rebocadores são acoplados e desacoplados em trailers sem que o operador tenha que descer do equipamento, um facilitador para o dia a dia nos pátios aeroportuários. Além disso, seu motor permite forte aceleração e alto índice de eficiência com baixo consumo de energia, mesmo ao rebocar cargas pesadas”, informa a marca.

Outro diferencial do rebocador elétrico, segundo a Jungheinrich, é o freio de estacionamento automático e assistente de rampas que auxiliam o operador a parar e partir, garantindo a segurança da operação. Além disso, com o raio de giro menor, o equipamento facilita manobras em espaços reduzidos.

O EZS 7280 conta com posto de trabalho ergonômico como: layout intuitivo similar ao do automóvel, degrau de subida rebaixado e com espaço plano para os pés, disposição dos pedais como de um carro, entre outros benefícios.

Já o uso da bateria de lítio produz, segundo explica a empresa, uma economia devido a fatores como: recargas em poucos minutos, longa vida útil, não há emissão de gases ou ácido, sem risco de acidentes com os operadores durante a troca de bateria.

“Outro diferencial é que as baterias de Íon-Lítio necessitam apenas de 30 minutos de carga para atingir 50% e em torno de 1,2 hora para uma carga de 100%, proporcionando com estas chamadas “cargas de oportunidade”, trabalhar 3 turnos com uma só bateria, sem a necessidade de revezamento de máquinas ou baterias”, relata a Jungheinrich.
Contato:
Empresa: Jungheinrich
Telefone: 11 48390803
Website:  https://www.jungheinrich.com.br/

(Fonte: Redação EaeMáquinas)

Deixe seu comentario

Ultimas Noticias

Fique por dentro das novidades

Inscreva-se para receber novidades em seu Email, fique tranquilo que não enviamos spam!

x

Assine já EaeMáquinas​

R$60,00 /ano

ASSINAR AGORA!

Sobre Nós

A Revista EaeMáquinas, de circulação bimestral, é o melhor guia de compras do setor de máquinas; relacionando as empresas, revendas e distribuidoras de equipamentos, peças, prestadores de serviços e notícias relacionadas ao mercado.

Contato: [email protected] — Tel.:11- 4604-8046

Siga-nos

Deixe seu Email para acompanhar as novidades

Solicitar maiores informações

Preencha as informações abaixo e entre em contato com o anúnciante!