Testes hidrostáticos em tubulações de planta de celulose utilizam…

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Fornecimento envolveu a locação de motobombas ITU-63C17, adotadas em série para atingir uma altura manométrica total (AMT) de 300 mca.

Identificar vazamentos e avaliar a resistência de tubulações e/ou equipamentos sujeitos a trabalhos sob pressão de fluidos,é fundamental para garantir o pleno funcionamento e segurança das operações. Chamado de teste hidrostático, o procedimento realizado com essa finalidade demanda a utilização de motobombas, que ficam responsáveis por preencher todo o sistema com líquido pressurizado.

Por se tratar de uma aplicação temporária, a locação dos equipamentos necessários para a realização dos testes se destaca como uma das opções mais vantajosas. Em abril, essa alternativa foi escolhida por uma empresa brasileira da área de construção, contratada para prestar serviços em tubulações em uma fábrica de celulose, localizada em Minas Gerais.

Ao todo, a companhia locou quatro motobombas ITU-63C17, da Itubombas, que foram instaladas na bacia de alimentação de água da planta. Os equipamentos tiveram como missão realizar o enchimento de uma tubulação de aproximadamente 20 km, a fim de realizar o teste hidrostático da rede.

“Para que isso fosse possível, o trabalho foi dividido em duas partes: uma das bombas operou na estação de bombeamento 1, com pressão de 15 bar e vazão de 170 m3/h. Esse equipamento ficou responsável por fazer a retirada de água da bacia de alimentação e bombeá-lo para a estação de bombeamento superior – trajeto que demandou uma altura manométrica total (AMT) de 150 mca”, explicou Emerson Brini, Engenheiro de Vendas da Itubombas.

Na estação de bombeamento 2, por sua vez, foram utilizadas três motobombas em série, cada uma operando, em média, com 9 bar de pressão, a fim de atingir 170 m3/h e 300 mca.

Ao optar pela locação das motobombas junto a um parceiro confiável, a construtora conseguiu realizar os testes hidrostáticos com sucesso, atendendo aos prazos acordados com o cliente final, sem precisar se preocupar em manter uma frota própria de equipamentos.Além de fornecer as bombas, a Itubombas também ofereceu todo o suporte técnico para dimensionamento hidráulico da aplicação e operação, bem como os acessórios necessários para que o sistema funcionasse adequadamente.

(Fonte: Assessoria de imprensa)

Deixe seu comentario

Ultimas Noticias

Fique por dentro das novidades

Inscreva-se para receber novidades em seu Email, fique tranquilo que não enviamos spam!

x

Assine já EaeMáquinas​

R$60,00 /ano

ASSINAR AGORA!

Sobre Nós

A Revista EaeMáquinas, de circulação bimestral, é o melhor guia de compras do setor de máquinas; relacionando as empresas, revendas e distribuidoras de equipamentos, peças, prestadores de serviços e notícias relacionadas ao mercado.

Contato: [email protected] — Tel.:11- 4604-8046

Siga-nos

Deixe seu Email para acompanhar as novidades

Solicitar maiores informações

Preencha as informações abaixo e entre em contato com o anúnciante!