Soma de tradição e inovação marcam 100 anos da Komatsu

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Foco na filosofia japonesa Dantotsu, de entregar produtos e serviços únicos e inigualáveis, percorre a história da empresa de 1921 até hoje.

Tecnologia, produtividade e baixo custo operacional estão entre os itens de destaque apresentados pela Komatsu – uma das mais importantes fabricantes de máquinas pesadas do mundo – para a escavadeira hidráulica PC210-10M0, modelo da classe de 20 toneladas e carro-chefe da companhia no segmento de construção. O equipamento une a tradição na eficiência à engenharia de última geração, marcas, que de acordo com a empresa, são fundamentais na história da Komatsu, que este ano .

Tanto a versão standard (imagem de capa) da máquina, quanto a PC210LC-10M0 (carro longo), reforçam o portfólio da indústria e, com as demais escavadeiras da classe de 20t, representam um segmento de grande importância para a companhia.

Dessa forma, a Komatsu afirma que, mantendo sua filosofia Dantotsu – que em japonês representa os conceitos de único e inigualável – de constante busca pela inovação e atualização, segue entregando qualidade e excelência. E a marca ressalta que sempre foi assim, desde 1921, ano de sua fundação.

Um século de história

Há 100 anos, na cidade de Komatsu, província de Ishikawa, no Japão, nascia a Komatsu Ltd. A empresa lembra que seu fundador, Meitaro Takeuchi, se baseou na firme convicção de desenvolver a indústria de máquinas nas áreas rurais e promover o crescimento das indústrias, bem como na aspiração de alta qualidade, transcendendo as fronteiras nacionais, e, então, começou a fabricação de máquinas na Komatsu Ltd.

Atento aos mercados internacionais, o visionário Takeuchi absorveu, no ano seguinte da fundação da companhia, em 1922, a Komatsu Electric Steel Mills, construindo a base para a produção integrada de fundição de aço à usinagem e montagem, o que resultou em um dos pontos fortes da Komatsu até hoje.

A Komatsu reitera que, sempre de olho no futuro, foi ampliando sua atuação e, em 1938, abriu a fábrica de Awazu, na cidade de Komatsu, como base para expandir a produção de tratores. Em 1952, inaugurou mais uma unidade de fabricação, em Osaka, uma das cidades mais conhecidas do Japão atualmente.

A companhia diz que esta mudança foi muito esperada, à época, para as regiões do Oceano Pacífico. Tornou-se, então, não apenas uma base para expandir os negócios para o lado do Oceano Pacífico do país, mas também ajudou a Komatsu a sobreviver à recessão que se seguiu logo após a eclosão da Guerra da Coreia.

Foco em alta qualidade

Komatsu 930E

Na década de 1960, a Komatsu informou que caminhava para o desafio de qualidade global. Logo em 1961, a empresa disse que outro importante marco histórico foi a implementação do , que tinha como objetivo fazer frente a um grande concorrente internacional da época, que acabara de entrar no mercado japonês. O compromisso do Project A, de acordo com a marca, era trazer excelência em qualidade e, para isso, como objetivo de toda a empresa, a melhoria dos processos passou a ser foco e objetivo principal.

Essa motivação levou a Komatsu a desenvolver um para produção em massa em cerca de dois anos. Ao longo desse processo, a companhia introduziu um método de controle de qualidade (Quality Control), isso antes mesmo de seus concorrentes. A ideia de incorporar o QC no processo de fabricação foi transmitida de geração em geração e segue até hoje como uma marca defendida pela empresa.

Ao longo dos anos 1960 e nas décadas seguintes, a Komatsu ganhou importantes premiações com foco em qualidade, um dos princípios fundamentais da empresa.

A companhia ressaltou que, para reforçar seus valores, em 2006, foi criado o  Komatsu Way. Nele, segundo a empresa, estão descritas a mentalidade, as diretrizes de ação e o DNA da Komatsu, que foi construído pelos precursores, com base na superação das dificuldades, e com o dever de ser transmitido às próximas gerações.”A visão e os princípios fortemente estabelecidos por Meitaro Takeuchi resistiram ao tempo e o Komatsu Way, sempre em constante evolução, tornou-se uma forma de passar adiante os ensinamentos do fundador”, afirma Toshiro Okada, Representante das Operações da Komatsu no Brasil.

Com o passar dos anos, o investimento da Komatsu em suas habilidades essenciais e as aquisições que realizou proporcionaram a conexão de uma mão de obra inteligente e diversa, com tecnologias de última geração, e crença de que o estabelecimento de parcerias é a melhor maneira de enfrentar desafios e atender às demandas da sociedade.

Princípios fundamentais que definem a Komatsu

 

A Komatsu disse que, com a responsabilidade de reforçar os valores da companhia, pautados em seus princípios fundamentais – expansão global, qualidade em primeiro lugar, inovação tecnológica, desenvolvimento da força de trabalho – estabeleceu, em 2011, o Komatsu-no-Mori, um parque temático relacionado as máquinas produzidas pela empresa.

Pavilhão Waku-Waku Komatsu

Em comemoração aos 90 anos da companhia, ele foi construído sob o conceito de “encaminhar pessoas e tecnologia para o futuro” e acomoda o Komatsu Way Global Institute, que é responsável pelo desenvolvimento de recursos humanos em escala global dos funcionários do Grupo Komatsu. Em uma área aberta ao público, o Pavilhão Waku-Waku Komatsu foi construído no projeto arquitetônico da antiga sede da Komatsu. Dentro da atração há também o Genki Satoyama, que recria uma floresta subdesenvolvida da região de Kaga, e o caminhão basculante Komatsu 930E, o maior caminhão de classe do mundo, que costumava trabalhar em uma mina de cobre no Chile.

Ao longo dessa história de 100 anos, a Komatsu lidera continuamente diferentes desafios, criando valor por meio de técnicas de fabricação e inovação tecnológica, tendo como visão a capacitação de um futuro sustentável em que as pessoas, os negócios e o planeta possam prosperar juntos .”Desde o início, a companhia se fundamenta na determinação e no trabalho árduo, agindo com perseverança – mesmo em cenários adversos – com colaboração e transparência para entregar um produto único, inovador, de qualidade”, destaca Okada.

Hoje são mais de 63 mil funcionários no mundo que fazem da Komatsu líder na fabricação e fornecimento de equipamentos, tecnologias e serviços para os mercados de construção, mineração, industrial e florestal. “A companhia se orgulha de ter chegado até aqui, no seu 100º aniversário, com o que classifica como muito conhecimento, desempenho sólido, qualidade, confiança e inovação, formando fortes parcerias com clientes e fornecedores”.

A companhia lembra que, por um século, os equipamentos e serviços da Komatsu têm sido usados por empresas em todo o mundo para desenvolver uma infraestrutura moderna, extrair minerais fundamentais, manter florestas e criar tecnologia e produtos de consumo. “Por meio de tecnologia e dados relevantes, a Komatsu e sua rede de distribuidores entregam aos clientes de todo o mundo mais segurança e aumento de produtividade, ao mesmo tempo que otimizam a performance das operações”, declara a empresa.

Komatsu no Brasil

Não por acaso, o Brasil é um importante mercado para a Komatsu. A primeira fábrica fora do Japão foi construída exatamente no país, em 1975, como parte de sua estratégia de expansão global. Aqui, desde a década de 1960, comercializa tratores vindos de sua fábrica no Japão.

A companhia estabeleceu a Komatsu do Brasil Ltda., em 1970, e três anos depois, fundou uma joint venture no País para a produção local de escavadeiras. Em 1975, inaugurou uma fábrica em Suzano, na Região Metropolitana de São Paulo, e contratou sequencialmente trabalhadores brasileiros. Posteriormente, concluiu o D50A, como seu primeiro trator de esteiras fabricado fora do Japão, que foi seguido pela produção do D60, 65A, e do D30E para o mercado agrícola.

O Brasil foi ganhando cada vez mais importância para a Komatsu e, em 1988, a companhia decidiu assumir, no País, sua base de produção global. Inicialmente, com exportações para a América do Norte e, posteriormente, para outros países da América do Sul e Oriente Médio. Na segunda metade da década de 1990, já com uma posição consolidada na produção mundial de tratores de esteiras de médio porte, a Komatsu passou também a fabricar escavadeiras hidráulicas, carregadeiras de rodas e motoniveladoras.

Com mais de 3,5 mil funcionários no País, a companhia possui unidades no estado de São Paulo em cidades como Suzano, Arujá e na Capital, em Minas Gerais nos municípios de Lagoa Santa e Belo Horizonte, em Parauapebas, no Pará e em São José dos Pinhais, no Paraná.

No segmento de Construção, a companhia atua por meio de sua rede de distribuidores, além de possuir atendimento direto aos clientes do mercado de Mineração e Florestal, com serviços que cobrem todo o País. Com esses segmentos, a Komatsu atende os mercados rodoviários, ferroviários, aeroportuários, hidroelétricos, petroquímicos, florestais e de agronegócio, além de estarem presente em grandes obras de infraestrutura e mineração.

Com um parque fabril completo, a fábrica de Suzano possui fundição própria e processos de usinagem, caldeiraria, montagem, inspeção final e expedição. A empresa está focada em atender os clientes entregando alto padrão de excelência e dispõe de oficinas equipadas e centros de distribuição de peças de reposição. Assim, garante a eficiência da assistência técnica e dispõe de uma equipe de vendas robusta para atender os clientes e tornar o negócio de quem utiliza os equipamentos rentável e confiável.

A Komatsu afirma que, no Brasil, assim como no mundo, tem como missão a criação de valor por meio de técnicas de fabricação e inovação tecnológica. Por isso, está sempre em busca de parcerias, considerando, em primeiro lugar, as necessidades da sociedade, dos clientes e partes interessadas, trabalhando de forma conjunta em busca de inovações e disposta a enfrentar desafios e criar valor visando às gerações futuras. Isso se traduz em sua promessa de marca ‘Creating value together’.

Atuação da companhia no Brasil

A decisão de se estabelecer no Brasil em 1975 foi considerada pela Komatsu como um dos passos mais importantes para a consolidação de sua força internacional e como referência em suas áreas foco de atuação no país: Construção, Mineração, Florestal e Industrial.

“Atualmente, por meio de uma rede sólida de distribuidores com presença em todo o território nacional (construção) e atendimento direto aos clientes (mineração e florestal), a companhia é focada em atender as demandas entregando alto padrão de excelência”, de acordo com Toshiro Okada, Representante das Operações da Komatsu no Brasil. A empresa dispõe ainda de centros de reparo e distribuição de peças de reposição, assistência técnica e equipe robusta de vendas.

Além disso, a Komatsu informou que oferece aos clientes financiamentos para compra de peças, serviços e acessórios e de máquinas novas e usadas, por meio do Banco Komatsu do Brasil S/A.

Linhas de Produtos

Há 100 anos no mercado internacional e mais de 46 no Brasil, a Komatsu produz diversas máquinas líderes no mercado mundial e brasileiro de acordo com cada um dos seus segmentos de atuação.
No segmento de Construção, produz diferentes modelos de carregadeiras de rodas, escavadeiras hidráulicas, motoniveladoras, tratores de esteiras e caminhões rígidos, além de peças, serviços e acessórios.

Carregadeira e rodas

O destaque vai para o lançamento de 2020, a Escavadeira Hidráulica PC210-10M0 que é carro-chefe no segmento de construção para a classe de 20 toneladas. O equipamento, de acordo com a empresa, conta com garantia de produtividade, eficiência e redução nos custos operacionais. A nova PC210, em suas versões PC210-10M0 (Standard) e PC210LC-10M0 (Carro Longo), chegaram para reforçar o portfólio da indústria.

Em comparação à geração anterior de escavadeiras, os novos modelos, contam com mais itens de série e com uma estrutura mais reforçada, além de mudanças no design da caçamba. A Komatsu garante uma maior facilidade de acesso aos itens de manutenção periódica preventiva (filtros, indicadores de níveis de fluidos etc.); maior peso operacional, o que proporciona mais estabilidade; remapeamento da eletrônica do motor; otimização do sistema hidráulico, entre outras melhorias.

“Estamos muito confiantes de que trazemos ao mercado máquinas alinhadas aos conceitos mundiais de tecnologia e consolidando as principais – e já conhecidas – características da marca Komatsu: confiabilidade, durabilidade e performance”, explica o gerente de Marketing de Produto da marca, Wellington Mitsuda.

De acordo com a empresa, o conjunto de aperfeiçoamentos resultou na evolução natural de um modelo já consagrado no mercado. Além disso, a companhia afirma que os novos modelos de escavadeira hidráulica reforçam a tradição da marca em entregar produtos de alta qualidade e confiabilidade, o que também se reverte em um importante diferencial competitivo para os clientes.

Quando se trata do segmento de Mineração, o portfólio da marca oferece equipamentos tanto para superfície como para a ação subterrânea com variados modelos e soluções. Um destaque feito pela Komatsu é o caminhão autônomo com sistema AHS, presente em importantes obras de mineração no País.

No caso dos equipamentos para uso em superfície, estão as escavadeiras hidráulicas, carregadeiras de rodas, tratores de esteira, caminhões mecânicos, caminhões elétricos, tratores de rodas, perfuratrizes, draglines, escavadeiras elétricas acionadas por corrente, o sistema HAC – método para elevar ou baixar materiais continuamente – e sistemas relacionados.

Para a atuação subterrânea, contam com equipamentos para rocha, minerais industriais, sistemas longwall, sala e pilares, produtos de manutenção e reposição, transportadores para túneis, equipamentos de transporte e trituração subterrâneos.

No segmento Florestal, a Komatsu informa que traz também a esse mercado alta tecnologia com o que existe de mais moderno em colheita mecanizada, conceitos desenvolvidos pelas engenharias do Brasil, Japão e Suécia.

A companhia é um dos principais fabricantes mundiais de máquinas destinadas para esse setor. A empresa oferece uma gama abrangente de equipamentos, serviços e peças de reposição para a silvicultura moderna, como escavadeiras florestais, cabeçotes feller, harvesters, forwarders e cabeçotes harvester.

Entre as máquinas, destaca-se o novo feller buncher PC350F sobre esteiras com tecnologia ICT. O equipamento é preparado com motor de potência de 224kW, cabine florestal grande e espaçosa e com equipamento de trabalho longo para “mover menos, cortar mais”.

 

Montabert

 

Um significativo capítulo de expansão e crescimento destacado pela Komatsu passa pela aquisição em 2017 da Montabert, uma empresa francesa líder em equipamentos hidráulicos de sondagem e demolição para uso em mineração, construção e outras aplicações.

A Montabert é conhecida no mundo todo pela fabricação e distribuição de produtos de perfuração e trituração de rochas e a produção de rompedores e perfuradoras hidráulicas. Esses produtos são vendidos pela Komatsu e por seus distribuidores F.W. Máquinas Distribuição e Comércio Ltda, Mason Equipamentos Ltda e Vamos Máquinas Ltda.

Sistema de monitoramento remoto – Komtrax

 

A Komatsu disponibiliza, nos equipamentos de construção desde 2009, o sistema Komtrax de monitoramento remoto. O método permite acompanhar a localização, condições de operação e manutenção da máquina, possibilitando ao proprietário tomar decisões com base em informações atualizadas.

O sistema atua como um gerenciador de frota no qual o cliente pode ver onde, quando e como as máquinas estão trabalhando, fornecendo as informações necessárias para ter sua frota de equipamentos trabalhando.

A Komatsu garante que o Komtrax é o único sistema em que o cliente tem acesso a todas as funcionalidades garantidas pelo período de 10 anos de forma gratuita. Além disso, sendo a comunicação via satélite, ela funciona mesmo nos locais remotos. O Komtrax também pode ser acessado através de tablets e smartphones através de sua versão mobile.

Máquinas alugadas

Muito comum no Japão, Estados Unidos e outros países, o aluguel de máquinas e equipamentos vem ganhando força no Brasil e mostrou ser um dos “motores” no mercado de equipamentos nos últimos anos. A Komatsu, registrou aumento médio de 40% em vendas de máquinas nos últimos anos para serem usadas exclusivamente para locação em seus distribuidores.

Avaliando o comportamento do mercado brasileiro, com locadoras e construtoras mostrando crescimento no volume de negócios em 2021 em relação a 2020, a Komatsu acredita que a locação de máquinas será um mercado cada vez mais promissor para seus distribuidores.

O serviço está disponível através de seus distribuidores Bauko Máquinas S/A, Mantomac Comércio de Peças e Serviços Ltda. e Mason Equipamentos Ltda.

Banco Komatsu

Para completar o processo de aquisição das máquinas, a companhia criou o Banco Komatsu do Brasil S/A, que iniciou suas operações no mês de abril, em 2016. “A instituição veio para complementar as necessidades dos clientes da marca com produtos financeiros e seguros, no intuito de fomentar as vendas no País”, explica o Diretor-Gerente do Banco Komatsu do Brasil S/A, Paulo Alves.

O banco, segundo a companhia, agregou valor aos clientes da Komatsu no Brasil, com a principal missão de viabilizar a aquisição dos equipamentos da marca. Para tanto, oferece produtos financeiros, seguros e serviços que atendem todas as necessidades dos clientes, como o CDC (Crédito Direto ao Consumidor), leasing, finame e financiamento de peças e serviços.

Komatsu shop – roupas e acessórios exclusivos

Outra inovação da companhia japonesa é a linha de roupas e acessórios da marca que foi lançada em 2018 por meio da loja virtual Komatsu Shop. De acordo com a empresa, o e-commerce tem o propósito de levar produtos de alta qualidade e design diferenciado para os apreciadores da marca em todo Brasil. Ao todo na loja são mais de 80 diferentes itens disponíveis para o público masculino, feminino e infantil, incluindo botas, bonés, camisetas, polos, mochilas entre outros.

komatsushop.com.br/.

(Fonte: Redação EaeMáquinas)

Deixe seu comentario

Ultimas Noticias

Fique por dentro das novidades

Inscreva-se para receber novidades em seu Email, fique tranquilo que não enviamos spam!

x

Assine já EaeMáquinas​

R$60,00 /ano

ASSINAR AGORA!

Sobre Nós

A Revista EaeMáquinas, de circulação bimestral, é o melhor guia de compras do setor de máquinas; relacionando as empresas, revendas e distribuidoras de equipamentos, peças, prestadores de serviços e notícias relacionadas ao mercado.

Contato: [email protected] — Tel.:11- 4604-8046

Siga-nos

Deixe seu Email para acompanhar as novidades

Solicitar maiores informações

Preencha as informações abaixo e entre em contato com o anúnciante!