Tel:11 - 4604-8046 | E-Mail: [email protected]

Notícias do Mercado Entrevista Uso de aditivos na Construção Civil é aliado do...

Uso de aditivos na Construção Civil é aliado do meio ambiente e da produtividade

-

- Advertisement -
- Advertisement -

Shingiro Tokudome é Coordenador da Câmara de Aditivos do Instituto Brasileiro de Impermeabilização – IBI Brasil.

Os novos tempos pedem um novo olhar em relação aos recursos naturais. Isso porque a natureza já demonstra sinais de exaustão. E, evidentemente, a Construção Civil, também precisou se adaptar e evoluir. Já não é mais aceitável o uso irracional da água em obras e também de grandes volumes de resíduo sem reutilização. Para suprir essas lacunas e construir um futuro mais saudável e seguro, alguns setores já despontam como promissores, é o caso dos aditivos químicos.

Conhecidos como aditivos químicos para concreto, esses produtos têm como principal papel substituir parte da água na mistura do concreto, reduzindo em até 35% o uso desse recurso na composição, quando comparados a um concreto sem aditivo. Possuem também a responsabilidade de contribuir para o uso racional do produto cimento, manutenção da trabalhabilidade, e ainda proporcionar melhores desempenhos técnicos de durabilidade e resistências mecânicas no produto final.

Outro papel importante dos aditivos químicos é o aproveitamento de sobras de concreto e ou rejeitados de obras por meio de tecnologia que permite inibir a hidratação do cimento e a utilização deste material em até 72 horas evitando, assim, seu descarte.

Assim como, outro grande destaque que o setor agrega é o da melhoria da produtividade nas obras. Sua tecnologia torna possível o uso do concreto de alta trabalhabilidade como o auto-adensável, que aumenta significativamente a produtividade na etapa de lançamento do concreto na fôrma.

Tudo isso é possível e acontece, porém é importante entender que o tão sonhado projeto 100% sustentável deve ser concebido desde o início, incluindo todos os requisitos de sustentabilidade descritos num planejamento prévio.

Mas muito mais deve ser feito no setor da construção civil para que a natureza seja respeitada. Um ponto importante é a compreensão de que muitos dos materiais necessários não são renováveis, além de demandarem algum tipo de energia na produção, e que todos os envolvidos da cadeia precisam trabalhar nas lacunas que precisam ser melhoradas.

Isso leva tempo, é uma mudança cultural, pois são necessárias leis apropriadas, soluções técnicas, fiscalização e disseminação do conhecimento. Entretanto, a possibilidade e os recursos já se colocam à disposição. Com vontade e dedicação de toda a cadeia produtiva, essa realidade mais sustentável pode – e deve – realmente acontecer.

Empresa: IBI Brasil

Fone: (11) 3255-2506

Website: www.ibibrasil.org.br

Redação EaeMáquinas

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Últimas noticias

Minicarregadeiras New HollandConstruction comemoram 50 anos

Máquinas da marca da CNH Industrial foram pioneiras em recursos de segurança do operador e produtividade. Em reconhecimento às cinco décadas...

Mineradoras prestam contas sobre avanços das metas da[…]

Desde que foi anunciada publicamente, em setembro de 2019, no maior evento do setor mineral da América Latina, a...

Usina de Asfalto Móvel Rebocável MD 1000: alta performance com baixo custo…

Produção para pré-misturado frio de até 40 toneladas por hora e lama asfáltica de 1.000m²/hora na espessura 7 milímetros. A...

Haco traz soluções para transportador de correia

Equipamentos trabalham com baixas e altas velocidades e podem ser controlados para se adequarem melhor às necessidades do cliente. A...
Anterior
Próximo

Guindastes articulados IMAP: Força e produtividade

  Equipamentos para movimentação de cargas diversas e elevação de pessoas. Os guindastes articulados da IMAP, empresa de soluções em equipamentos...

Reduza custo e ganhe tempo com as betoneiras GBACH

Modelos disponíveis têm capacidade útil de 250 litros, e de 350 litros por ciclo, sendo que a segunda versão...

Mais Lidas

Minicarregadeiras New HollandConstruction comemoram 50 anos

Máquinas da marca da CNH Industrial foram pioneiras em recursos...

Mineradoras prestam contas sobre avanços das metas da[…]

Desde que foi anunciada publicamente, em setembro de 2019,...

Você também pode gostar deRELATED
Recomendamos para você