Usinas de pré-misturado a frio: eficiência e sustentabilidade na construção civil

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Quem trabalha na construção civil já deve ter ouvido falar ou, até mesmo, usado as usinas de pré-misturado a frio. Trata-se de equipamentos que auxiliam na mistura e homogeneização dos materiais para a realização de diversas obras no setor como: pavimentação asfáltica, recapeamento, tapa-buraco entre outras.

Um importante destaque é o fato de que as máquinas não poluem o meio-ambiente e, além disso, este método é cerca de 50% mais barato do que o pré-misturado quente.

Outra vantagem deste tipo de processo é que ele não necessita do sistema de secagem, mistura, filtragem e automação necessário para o processo a quente convencional. As usinas de pré-misturado a frio, portanto, são mais simples: elas possuem dois silos de recebimento de agregados, correias dosadoras, bomba para emulsão e misturador.

Por ser realizado em temperatura ambiente, o pré-misturado a frio (PMF) facilita o manuseio do material, sua aplicação e acabamentos da camada e ainda não causa risco à saúde do trabalhador. Os equipamentos são compactos e podem ser apresentados nos formatos: móveis ou fixos e acompanhar tanque de armazenamento de emulsão asfáltica.

Com a utilização das usinas de pré-misturado a frio é possível ter maior tempo de armazenamento do produto, pois sua aplicação não precisa ser imediata. No mercado brasileiro, existem diversos modelos dos equipamentos que podem produzir até 100 toneladas de material por hora.

No Comparativo da Revista EaeMáquinas desta edição, você vai conhecer quais são as melhores opções das Usinas de Pré-misturado a Frio disponíveis no mercado para atender às suas necessidades. Confira cada uma das opções e escolha!

Conishi – UP40

A Conishi Máquinas e Equipamentos Rodoviários, líder no setor com mais de 30 anos de experiência no mercado brasileiro para atender pequenas e médias obras, apresenta a Usina de Asfalto Estacionária de Pré-misturado a Frio modelo UP40. O equipamento, segundo a marca, foi desenvolvido para atender o setor em obras de pavimentação asfáltica de maneira simples, versátil e com baixo custo operacional.

De acordo com a Conishi, a máquina é acionada por um motor elétrico trifásico de 20 cavalos que, através de transmissões mecânicas, movimenta a bomba de engrenagem, a correia transportadora de agregados e o misturador tipo pug mill.

“O modelo possui a estrutura fabricada em perfis U que, depois de soldados, formam componentes de alta resistência, um ou dois silos de agregados feito em chapa de aço com grande capacidade para realizar a produção de 40 toneladas por hora de pré-misturado a frio, um misturador tipo pug mill composto por um único eixo rotor com paletas intercambiáveis e substituíveis e fundo removível para manutenção”, informa a fabricante.

Outro diferencial apresentado pela empresa é a correia transportadora de agregados. Ela vem com um dispositivo que permite ativá-la ou desativá-la, mecanicamente, através de uma alavanca comandada pelo operador ou o opcional acionamento por motoredutor de 2cv. Um circuito hidráulico de água composto por encanamentos e conexões galvanizados e registro graduado para calibração e outro para emulsão asfáltica composto por bomba de engrenagem, pré filtro,  encanamentos e conexões galvanizados, válvula de alivio para segurança, sistema de retorno para o tanque, registro graduado para calibração e tanque de diesel para limpeza.

Além disso, a Usina de Asfalto Estacionária de Pré-misturado a Frio UP40 da Conishi Máquinas e Equipamentos Rodoviários conta com um painel elétrico equipado com sinaleiros básicos de operação e segurança.

 

J.Colombo – KANGUROO Master

Para quem procura alta produção, a empresa J.Colombo, que tem uma diversificada linha de equipamentos para pavimentação asfáltica destinados, principalmente, à prefeituras e construtoras de pequeno, médio e grande porte, apresenta o modelo KANGUROO Master.

O equipamento é uma usina fixa com capacidade de produção de 80 a 100 toneladas por hora. “A máquina é montada em um único chassi tubular com 80×80 mm com espessura de 3/16 e motor elétrico de 30 cavalos”, informa a companhia.

Segundo a empresa, o modelo KANGUROO Master também é dotado de esteira transportadora de correia com motoredutor independente de 10 cavalos. Além de um misturador construído por eixo com braços e palhetas reguláveis e substituíveis. Este item é ideal para processar todos os tipos de mistura asfáltica fria, concretos e solos.

A usinas de pré-misturado a frio da J.Colombo ainda conta com um dispositivo de alívio e segurança e uma escada e plataforma de acesso ao silo, que são diferenciais quando o assunto é alta produção.

Outro aspecto destacado pela empresa é em relação a versatlidade. “O modelo tem duas opções de montagem, de acordo com a necessidade do cliente, e conta ainda com itens opcionais como um terceiro silo para cimento, cal ou aditivo, construído com eixo transportador helicoidal e dosador”, explica a fabricante.

 

Romanelli – UPMR 40/60

A Romanelli, maior empresa nacional e líder do setor na América Latina, desenvolve de forma pioneira, soluções tecnológicas em forma de equipamentos para pavimentação asfáltica. Ela garante atuar com os mais modernos recursos para atender da melhor e mais qualificada maneira as necessidades do mercado, bem como as especificidades de cada cliente.

Se você procura um equipamento com diversidade de atuação, a usina de pré-misturado a frio da Romanelli UPMR 40/60 é a máquina ideal. Ela conta com duas opções de montagem: sendo uma de base fixa ou rebocável, e como seu nome mesmo especifica, tem a capacidade de produção de 40 a 60 toneladas por hora.

De acordo com a empresa, o equipamento é composto por dois silos com capacidade de 2,20 m³ cada, totalizando 4,40 m³, esteira com 3.550 mm de comprimento, correia de 24” acionada por motoredutor, independente do motor central.

No caso do misturador, ele é do tipo pug mill com dois eixos de 2 polegadas, providos de braços e palhetas substituíveis e fundidas em ferro nodular.

Sobre sua atuação, a empresa informa que “a transmissão misturadora é acionada por motor central através de redutor de 30 cavalos e transmissão por engrenagens com lubrificação de banho a óleo. A máquina é escalonada com pré-filtro de limpeza. Já o motor central elétrico é de quatro polos com 30 cavalos a 1.750 rpm, com a opção de substituição por kit diesel”, destaca.

A fabricante explica ainda que sua instalação elétrica conta com motoredutor da esteira, chave de partida direta de 20 amperes tipo estrela triângulo e motor central com banho a óleo de 90 amperes, todos com espera de energia.

Além disso, a usina de pré-misturado a frio da Romanelli UPMR 40/60 tem prazo de seis meses de garantia. A ação é válida da retirada no pátio da Romanelli, desde que sejam observadas regras de operação.

 

SR Equipamentos – SR-50/70 MF

 

Para quem está em busca de uma usina de pré-misturado a frio que oferece baixo custo e qualidade, a SR Equipamentos, a empresa que é líder no setor e atua na América Latina, apresenta como a melhor escolha o modelo SR-50/70PMF.

O equipamento, diz a fabricante, é indicado para conservação asfáltica e pavimentação em obras urbanas e tem 1.890 mm de largura, 2.440 mm de altura e 5.400 mm de comprimento.

A empresa destaca que a capacidade de produção desta máquina é de até 70 toneladas por hora, sua configuração é estacionária, ou seja, fixa e possui uma estrutura montada sob chassi monobloco em viga “U” de 4 polegadas, com dois silos dosadores com capacidade total de 5 metros cúbicos com comportas de fluxo regulável.

De acordo com a SR Equipamentos, a estrutura da máquina conta com esteira fabricada em sistema estrutural aumentando a resistência e reduzindo custos de manutenção, com correia em lona vulcanizada apoiada sobre roletes blindados e rolos de tração revestidos em borracha. Isso, aumenta a eficiência, além do acionamento por motoredutor de 2 cavalos.

A usina SR-50/70PMF possui o misturador tipo pug mill de duplo eixo apoiado sob mancais de serviço pesado, montados em paralelo, braços e palhetas (fundidos em aço nodular) intercambiáveis que permitem várias configurações de projeto. Seu acionamento é feito por um motor elétrico de 25 cavalos com sistema de sincronismo e caixa de mistura bipartida com fundo removível para facilitar a manutenção, além de fundo ser executado em Hardox 450, que garante maior vida útil e consequentemente menor custo de manutenção..

A linha de emulsão foi montada com filtro de linha para admissão de qualquer tipo de emulsão a frio e válvula by-pass de retorno para tanque, bomba de emulsão 3 polegadas, com interligação a um tanque diesel de 40 litros para limpeza do sistema.

A SR Equipamentos informa ainda que o sistema de injeção de água é feito com  tubulação de 1.1⁄2 polegadas, com alimentação por bomba centrífuga acionada por motor elétrico de 3 cavalos. O equipamento conta também com painel elétrico de acionamento completo.

(Fonte: Redação EaeMáquinas)

 

 

Deixe seu comentario

Ultimas Noticias

Fique por dentro das novidades

Inscreva-se para receber novidades em seu Email, fique tranquilo que não enviamos spam!

x

Assine já EaeMáquinas​

R$60,00 /ano

ASSINAR AGORA!

Sobre Nós

A Revista EaeMáquinas, de circulação bimestral, é o melhor guia de compras do setor de máquinas; relacionando as empresas, revendas e distribuidoras de equipamentos, peças, prestadores de serviços e notícias relacionadas ao mercado.

Contato: [email protected] — Tel.:11- 4604-8046

Siga-nos

Deixe seu Email para acompanhar as novidades

Solicitar maiores informações

Preencha as informações abaixo e entre em contato com o anúnciante!