Tel:11 - 4604-8046 | E-Mail: [email protected]

Notícias do Mercado Comparativo da edição Plataforma aérea tipo tesoura é garantia de segurança e...

Plataforma aérea tipo tesoura é garantia de segurança e alta produtividade

-

- Advertisement -
- Advertisement -

As plataformas aéreas, ou também chamadas como elevatórias, são equipamentos que se destacam pela segurança, possibilitando a execução de serviços em altura. E assim, garantindo uma maior produtividade.

Essas ferramentas são referências quando tratamos de manutenção em redes de telefonia, ar-condicionado, linhas de incêndio, peças de comunicação visual, fábricas ou em ambientes externos, como fachadas e galpões. Entretanto, o número de utilidades que essa máquina possui é enorme. Dessa maneira, foram desenvolvidos equipamentos com diferentes tipologias. Uma das mais usuais é a do tipo tesoura, usada como uma alternativa aos andaimes.

As plataformas aéreas tipo tesoura podem atingir uma altura máxima de 15 metros. Uma de suas principais vantagens é ser compacta, ou seja, ela pode passar por lugares estreitos (como portas e corredores), possibilitando a realização de trabalhos em ambientes de difícil acesso.

Outro ponto que pode ser destacado como de vantagem deste tipo de equipamento é o peso versus a capacidade de carga, isso porque são máquinas de fácil transporte e considerados como de alta resistência.

Aliada as conveniências de manobras em espaços apertados e a segurança do operador, são caracterizadas por baixos níveis de ruídos e contam com opções em baterias recarregáveis, resultando assim em baixas emissões de gases.

Mercado em ascensão

 A utilidade e conveniência proporcionada pelas plataformas aéreas tipo tesoura são observadas também quando avaliamos o cenário econômico. O relatório Zion Market Research sobre o mercado aponta uma estimativa de crescimento de cerca de 9% nos próximos cinco anos.

A justificativa apontada no estudo é o aumento dos gastos dos governos com a agenda de construção de cidades inteligentes em todo o mundo e também o desenvolvimento de plataformas tecnologicamente avançadas.

Levando em consideração o panorama promissor deste setor, esta edição do Comparativo da Revista EaeMáquinas reúne as melhores opções de plataformas aéreas tipo tesoura disponíveis no mercado. Confira e escolha a de sua preferência.

Genie – GS-1930

A plataforma aérea tipo tesoura Genie® GS™-1930, uma marca da Terex e fabricante internacional de equipamentos de elevação, reúne as principais características para quem busca um equipamento portátil, econômico, e que ainda é favorável à preservação do meio ambiente.

O equipamento é apresentado pela empresa como a solução para aumentar a produtividade no canteiro de obra. A máquina, de acordo com a fabricante, é ideal para manobras em espaços apertados. A recomendação é para uso em aplicações internas e externas nos ramos da construção, manutenção e instalação com superfícies firmes e niveladas.

A marca garante que a plataforma apresenta uma operação silenciosa, e é ideal para múltiplas aplicações em superfícies firmes e niveladas, ao ar livre e em ambientes fechados.

Entre suas especificações, destaca-se também a tração dianteira e raio zero de giro interno, e a alta quantidade de freios a disco, que resultam em uma desaceleração suave. Além disso, a máquina limita a velocidade quando elevada.

Tecnicamente adequada

 A Genie® GS™-1930 tem uma altura de trabalho de 7,79 metros, capacidade de carga de 227 kg, largura de 0,76 m, comprimento em 1,83 m e peso de 1.226 kg. É caracterizada pelo baixo nível de ruído, funcionamento elétrico sem emissões, tração dianteira com raio zero de giro interno e uma extensão de projeção da plataforma em um metro.

De acordo com a Genie, a plataforma aérea tipo tesoura conta com carregador automático de bateria, controles proporcionais das funções de trânsito e limitador de velocidade, que permite a redução da marcha quando necessário.

O equipamento ainda dispõe de diagnóstico embarcado para fácil identificação de defeitos, parada de emergência na plataforma e nos controles de terra e pneus maciços não marcantes.

Haulotte – OPTIMUM 8

A Optimum 8, a plataforma elevatória tipo tesoura da Haulotte, fabricante global e distribuidora de plataformas aéreas, é versátil – podendo ser utilizado em limpeza, operações de estoque, pintura e manutenção em geral -, oferece maior durabilidade e menor TCO (Total Cost of Ownership, ou em português, Custo Total de Propriedade).

De acordo com a empresa, esta versão foi remodelada recentemente, passando a oferecer uma melhor experiência em operação. O equipamento foi preparado para trabalhos internos e externos, onde o operador consegue controlar progressivamente os movimentos.

A plataforma, inclusive, foi projetada, segundo a Haulotte, para diminuir desgastes de pneus de tração, uma vez que os mesmos se adequam ao raio de direção, diminuindo a velocidade de um lado e aumentando de outro. “A Optimum 8 oferece maior velocidade de subida, 20 segundos para elevar e 18 segundos para recolher, garantindo maior conforto e ergonomia”, informou a fabricante.

Com a remodelação, o equipamento passou a ter motores AC (corrente alternada) de translação, substituído os antigos motores hidráulicos. O resultado foi uma maior durabilidade e menor consumo de baterias.

Além disso, as adequações permitem que a Optimum 8 atinja a velocidade máxima de 4,5 km/h. Enquanto que o sistema de liberação dos freios agora é elétrico, ou seja, facilitam o movimento da máquina em caso de emergência. Ela ainda possui proteção móvel contra buracos e pesa 1520 kg.

Tecnologia a favor de sistema inteligente

Outro destaque é o “activ screen”, que possibilita uma direção altamente precisa. O usuário pode obter rapidamente uma serie de informações como falhas, e possíveis diagnósticos da plataforma no visor da máquina.

A plataforma elevatória tipo tesoura conta ainda com sistema inteligente de transporte por empilhadeira.

Pensando no operador, a Optimum 8 da Haulotte oferece bandejas laterais rebatíveis para verificação das baterias e manutenção do equipamento, e sistema de escada em formato de contra-peso, eliminando assim as avarias de transportes recorrentes.

JLG – R 1932i

Prezando por maior tempo operacional e, em contrapartida, um número menor de paradas, a plataforma aérea tipo tesoura R1932i  da JLG Industries, uma das principais fabricantes globais de plataformas elevatórias móveis, trata-se de um modelo compacto de alta produtividade.

A empresa informou que após uma ampla avaliação dos locais de trabalho e comentários dos usuários finais, entrega este elevador de 5,79 metros e 1.156 kg de peso, com capacidade máxima de carga de 227 kg.

O equipamento, segundo a JLG, é um lançamento recente feito em resposta ao aumento da demanda por máquinas mais leves, e as tendências indicam um crescimento no número de locais de trabalho que requerem este tipo de modelo para um único operador.

O novo R1932i é compatível com as Normas Nacionais Americanas (ANSI 92.20) e tem 81,3 cm de largura. Fabricado apenas para uso interno, ele é mais adequado para locais de trabalho com requisitos de carga para pisos delicados, como construções de vários andares, escolas e hospitais.

“Após examinarmos os requisitos das normas ANSI 92.20, desenvolvemos uma solução exclusiva que resultou no primeiro elevador pantográfico apenas para uso interno da empresa, um produto que oferece uma altura de trabalho de até 7,62 m”, afirmou Rafael Nunez, gerente sênior de produtos de elevadores pantográficos e elevadores verticais da JLG.

Tradição e inovação

Este novo modelo R-1932i inclui um sistema de trilhos dobráveis ou trilhos QuickFold opcionais, para uso ao se trabalhar ou mover o elevador em espaços reduzidos.

A fabricante garante que o equipamento mantém as qualidades geradoras de valor que os clientes passaram a esperar da linha de elevadores pantográficos hidráulicos da série R da JLG e se junta ao modelo R1932, que continua com capacidade para uso interno e externo em sua altura total.

“Fiel à JLG, a produtividade e a segurança permanecem na vanguarda deste novo modelo interno”, afirmou Shashank Bhatia, diretor sênior de desenvolvimento global de produtos. “Seus recursos padrões incluem a inclinação variável, um sistema de detecção de carga baseado em pressão e descida de elevação/deslocamento controlada. Esses recursos permitem que os operadores trabalhem com mais confiança”, completou.

SKYJACK – SJ3219

O modelo de elevador de tesoura elétrico SJ3219 da Skyjack, fabricante de plataformas de trabalho aéreo, é ideal para trabalhos internos, onde é necessária a precisão e trabalha-se com material sensível.

De acordo com a empresa, os equipamentos tipo tesoura oferecem alta capacidade e grandes áreas de plataforma, tornando-os adequados para diversas aplicações. Apresentando acionamento hidráulico nas duas rodas dianteira, os modelos oferecem alturas de trabalho de até 7,8 metros e capacidade de subida de 25%.

A marca destaca que o equipamento é consistente e com características robustas e confiáveis. O modelo utiliza sistema SKYCODED™ de fiação com código de cores e numeração

A empresa ressalta os recursos padrões disponíveis, como velocidade variável, o acionamento hidráulico, o freio de dupla ação, a interface visual integrada com capacidades de diagnóstico e a caixa de controle composta, que é resistente a impactos e conta com cabo estendido.

As plataformas ainda dispõe de controles proporcionais para as funções de deslocamento e elevação, sensor de inclinação (3,5° x 1,5°), proteção da bateria para baixa tensão, pneus de borracha sólida, não marcantes e um sistema de proteção contra buracos.

Proteção garantida

 A plataforma tesoura elétrico SJ3219 da Skyjack oferece um alarme de inclinação com corte de movimento e elevação que é audível para qualquer movimentação, garantindo a maior segurança do operador. Há também pontos de amarração de cordas, aberturas para transporte com empilhadeira e olhais de amarração/ elevação, sistema do sensor de carga e de proteção articulada com dobramento para baixo. Assim como buzina do operador e a porta de entrada de meia altura articulada com mola.

O equipamento conta com itens opcionais como suporte de placa e de tubos de trabalho leve e pesado, caixa de ferramentas. Assim como luz intermitente e duplas piscantes, baterias AGM e bio-óleo.

As plataformas têm garantia padrão Golden Leaf de 2 anos dos principais componentes elétricos e hidráulicos e 5 anos de garantia estrutural.

(Fonte: Redação EaeMáquinas)

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Últimas noticias

Simpósio de Engenharia Ferroviária anuncia data e programação da IV edição

Evento será online e unirá academia e indústria para discutir as principais pesquisas desenvolvidas no setor. Em 2017, pesquisadores envolvidos...

Santos Brasil vence licitação de três terminais de graneis líquidos[…]

Conquista marca entrada da Companhia com força em uma atividade que vem crescendo em ritmo acelerado. A Santos Brasil, referência...

Jovem Pan lança coluna “A Hora H do Agro”

Boletins serão produzidos e apresentados pela jornalista Kellen Severo no Jornal da Manhã, informando e analisando os temas do...

Workshop debaterá os benefícios e acertos de implementar[…]

Na quinta-feira, dia 15 de abril, o Workshop Revista M&T mostrará a evolução da operação remota de equipamentos no Brasil, destacando os...
Anterior
Próximo

Titan Pneus comemora 10 anos de Brasil e se destaca[…]

A Titan Pneus celebra, no mês de abril, o marco de 10 anos de atuação no Brasil. Em abril...

Raízen investe R$ 345 milhões em renovação de frota para a próxima safra

  Investimento é destinado a maquinário agrícola e caminhões com alta performance e tecnologia de ponta, que garantirão uma operação...

Mais Lidas

Simpósio de Engenharia Ferroviária anuncia data e programação da IV edição

Evento será online e unirá academia e indústria para...

Santos Brasil vence licitação de três terminais de graneis líquidos[…]

Conquista marca entrada da Companhia com força em uma...

Você também pode gostar deRELATED
Recomendamos para você