Lantex: peneiramento de material fino requer telas adequadas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Lantex: peneiramento de material fino requer telas adequadas

Coesão entre partículas, entupimento das malhas e má distribuição de material são problemas comuns.

Lantex: peneiramento de material fino requer telas adequadas

De acordo com levantamento da Lantex do Brasil, líder no setor de mineração e processamento de agregados, cerca de 40% das demandas dos clientes são por pedras miúdas e areia de brita, com isso, as pedreiras precisam usar telas apropriadas para classificar o material fino sem grandes perdas.
Para melhorar o peneiramento, algumas empresas investem em telas diferenciadas, como é o caso da Territorial São Paulo Mineração que usava uma tela metálica com grande área livre, em uma peneira modular de grande capacidade de processamento, mas devido ao arqueamento e à rigidez da tela, com o tempo de uso, o material passou a se concentrar em apenas uma área, tendo alta aderência do fino e entupimento da abertura das malhas.
“Após estudarmos o caso, realizamos a substituição por telas em borracha Superflex que possuem menor área aberta do que as telas metálicas”, conta o coordenador técnico da Lantex, Alan Duarte. De acordo com ele, a pedreira conseguiu produzir um pedrisco de qualidade premium e aumentar a quantidade de pó de pedra produzido.
A grande dificuldade em produzir material fino tem sido adequar a areia de brita à normatização estabelecida. “O material apresenta peculiaridades que são desfavoráveis quando tratamos de concreto e acabam não sendo utilizados ou destinados a aplicações marginais”, afirma.
O coordenador considera fatores preponderantes quando o material fino é classificado a seco. “A coesão entre as partículas tende a reter fino no material grosso, essa coesão aumenta quando há excesso de umidade, fazendo as partículas menores aderirem às maiores, tornando o peneiramento pouco eficiente”, diz.
Outro ponto é que a aderência das partículas à tela acaba sendo uma dificuldade. “Geralmente, essa aderência resulta no cegamento de malhas e reduz a quantidade de undersize (material passante), o que prejudica a qualidade do oversize (material retido)”, avalia Duarte.
A Lantex do Brasil analisou diversos casos e constatou problemas que interferem no peneiramento de finos como a umidade, a aberturas das malhas, a distribuição granulométrica, entre outros.
A empresa dispõe de telas com diferentes materiais. “Oferecemos, inclusive, uma tecnologia mista, onde utilizamos material metálico para aumentar a área aberta das telas. Essas escolhas afetam diretamente no custo, eficiência e performance de peneiramento”, diz a diretora da marca, Claudia Bolzan.
Contato:
Empresa: Lantex do Brasil
Telefone: +55 11 3587-1990
Website: http://www.lantex.com.br

(Fonte: Redação EaeMáquinas)

Deixe seu comentario

Ultimas Noticias

Fique por dentro das novidades

Inscreva-se para receber novidades em seu Email, fique tranquilo que não enviamos spam!

x

Assine já EaeMáquinas​

R$60,00 /ano

ASSINAR AGORA!

Sobre Nós

A Revista EaeMáquinas, de circulação bimestral, é o melhor guia de compras do setor de máquinas; relacionando as empresas, revendas e distribuidoras de equipamentos, peças, prestadores de serviços e notícias relacionadas ao mercado.

Contato: [email protected] — Tel.:11- 4604-8046

Siga-nos

Deixe seu Email para acompanhar as novidades

Solicitar maiores informações

Preencha as informações abaixo e entre em contato com o anúnciante!